Contato: (84) 3311-5859

Como Funciona o Aterro

O Aterro Sanitário é um projeto de Engenharia Ambiental, considerado a melhor forma de disposição final de resíduos sólidos. Diferente dos lixões onde não há nenhum controle ambiental, nos aterros diversas ações são realizadas visando à preservação do solo, água e ar, utilizando técnicas eficientes e trabalhando de forma responsável.

 

Durante o processo de decomposição dos materiais, o aterro funciona como um reator biológico, onde as saídas (resultantes da decomposição) são os gases e percolado (chorume). O resultado desse processo pode gerar interferências ambientais negativas, como risco de contaminação do solo e a água, poluição do ar, emissão de odores e aumento do efeito estufa da atmosfera. Por essa razão é necessário que um aterro sanitário seja planejado e opere de forma adequada, através de estruturas e procedimentos que garantam a proteção ao meio ambiente.

 

No Brasil, aterros sanitários devem seguir a Norma NBR 13.896/97 – Critérios para projeto, implantação e operação de aterros de resíduos não perigosos, onde é estabelecida uma série de condições para que o ocorra o menor impacto possível e que maximize os benefícios para a população.

Clique na imagem para ampliar