História

Fundada em 1995, a BRASECO S/A é a empresa que opera o Aterro Sanitário da Região Metropolitana de Natal. Através de uma licitação, venceu em 1996 a concessão para tratamento e destinação final dos resíduos sólidos urbanos, em especial do município de Natal, por um período de 20 anos.

A falta de um local adequado para a instalação de um Aterro Sanitário em Natal levou a obra para o município de Ceará-Mirim, a 22 quilômetros da capital, em uma área com 90 hectares no distrito de Massaranduba.

A BRASECO realizou várias audiências públicas em Natal e Ceará-Mirim, esclarecendo à comunidade e aos órgãos públicos todos os detalhes da operação de um aterro sanitário. A empresa também elaborou um detalhado estudo de impacto ambiental, que rendeu elogios do Banco Mundial no período de implantação. Esse projeto ainda hoje é referência como base de avaliação de outros empreendimentos semelhantes, haja visto a riqueza de detalhes e abrangencia dos quesitos legais e ambientais que envolvem todas a etapas de implantação e gerenciamento do aterro

Entre 1996 até 2003, o projeto sofreu atrasos em função de diversos entraves operacionais, burocráticos e políticos, para que finalmente no início de 2004, a Braseco pudesse dar início a construção da 1a. Etapa do projeto, vindo a ser concluida em junho de 2004, devidamente aprovada e licenciada pelos órgãos municipais e estaduais. Assim, no dia 25 de junho de 2004, é iniciada a operação do Aterro Sanitário da Região Metropolitana de Natal.

Desde o início dos trabalhos no Aterro Sanitário da Região Metropolitana de Natal, a BRASECO vem cumprindo com os compromissos assumidos perante o Poder Público, armazenando de forma adequada os resíduos sólidos depositados no aterro e garantindo a preservação do meio ambiente.